_____

Câmbio Diário

Moeda
Compra
Venda
USD
61.05
62.29
ZAR
4.25
4.33
EUR
69.27
70.67

18 Dec 18

Saiba mais

Mercados internacionais

USD
14.2439
ZAR
EUR
16.1733
ZAR
USD
113.5190
JPY
EUR
1.1354
USD
USD
6.8929
CNY
USD
3.8911
BRL

17 Dec 18

Saiba mais

EMPRESAS

O Banco MAIS é o Seu Parceiro de Negócios incontornável nas suas decisões de investimento. Tem soluções para a sua empresa crescer. Adira e beneficie de um atendimento personalizado que inclui a assessoria financeira para os seus projectos.

PARTICULARES

Com aposta na Qualidade do Serviço Prestado ao Cliente, o Banco MAIS é o Seu Parceiro de Negócios descomplicado, com respostas rápidas e eficientes que disponibiliza para si e sua família a gama completa de Produtos & Serviços para a gestão diária.

NEGÓCIO INTERNACIONAL

Banco MAIS é o Seu Parceiro de Negócios aqui e no estrangeiro, que lhe apoia através dos seus correspondentes a nível internacional com soluções direccionadas às Exportações e Importações.

Comunicados Banco Mais

Constrangimentos na SIMOrede

Última actualização: 2018-11-19

Estimado Cliente,

Informamos que devido aos constrangimentos da SIMOrede, que são totalmente alheios ao Banco MAIS, a comissão de levantamento em caixa, nas Unidades de Negócios, através de cheque avulso, é isenta.

Esta medida estará em vigor até que o funcionamento da SIMOrede retorne ao normal.

O Banco MAIS está totalmente ao dispor dos seus clientes para quaisquer esclarecimentos adicionais.

Banco MAIS,

O seu parceiro de negócios.

Saiba mais
Banco MAIS abre uma linha de crédito para PMEs

Última actualização: 2018-11-08

O Banco MAIS e a ASSOCIAÇÃO DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS acabam de assinar um memorando de entendimento no qual o Banco MAIS comprometeu-se em passar a fornecer produtos e serviços financeiros com condições preferenciais para as PMEs.

No concreto, a cooperação visa apoiar as PMEs através de uma linha especial de crédito. O financiamento vai abarcar diversos ramos de investimento que vão desde o sector da agricultura, do comércio, da construção, da indústria, da agro-pecuária, da energia, entre outras. 

O acordo de parceria foi assinado pelo Presidente da Comissão Executiva do Banco MAIS, Eng.º Luis Almeida, e pelo Dr. Inocêncio Paulino Presidente da ASSOCIAÇÃO DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS. 

Saiba mais

Notícias económicas

Banco MAIS fortalecido com a entrada da BISON Capital na estrutura accionista

Última actualização: 2018-09-28

No primeiro semestre deste ano, o Banco MAIS viu a sua estrutura accionista reforçada com a entrada do Grupo Chinês BISON Capital, com representações oficiais em Beijing e Hong-Kong. A entrada da BISON concretizou-se através de um aumento de capital no valor de 600.000.000,00 MZN, o que elevou o capital social para 1.250.000.000,00 MZN.

No final de Junho/18 o rácio de solvabilidade global era de 52,98% e o rácio de liquidez era de 60,48%, níveis que estão muito acima da média do sistema financeiro.

No documento abaixo é detalhada a informação financeira mais relevante, referente ao primeiro semestre de 2018, assim como a evolução dos principais indicadores de negócio.

Saiba mais
Economia de Moçambique deverá crescer de 3,5% a 4% em 2018, FMI

Última actualização: 2018-08-06

A perspectiva de curto prazo da economia de Moçambique é de uma recuperação gradual na actividade económica e uma inflação controlada, prevendo-se um crescimento real do Produto Interno Bruto de 3,5% a 4% em 2018, que deverá crescer para 4,0% a 4,5% em 2019, informou o Fundo Monetário Internacional (FMI).

A recuperação mais forte do que o esperado do sector agrícola bem como da produção mineira permitiu que o Produto Interno Bruto de Moçambique tenha crescido 3,75% em 2017, um acréscimo de 75 pontos base relativamente à anterior previsão.

Uma equipa do corpo técnico do FMI, chefiada por Ricardo Velloso, visitou Moçambique de 25 de Julho a 3 de Agosto de 2018 para avaliar os desenvolvimentos macro-económicos recentes, actualizar o quadro macro-económico para 2018/19 e proporcionar contribuições para a elaboração do orçamento preliminar de 2019.

No final da visita, a missão emitiu um comunicado em que afirma esperar que esta recuperação seja apoiada por reduções adicionais nas taxas de juro face ao cenário favorável da inflação, que a inflação permaneça baixa em 6,5% em 2018, e que desça para 5,5% em 2019 e que as reservas internacionais manter-se-ão em níveis confortáveis em 2018 e 2019.

Relativamente ao Orçamento de Estado para 2019 a missão do FMI recomendou a apresentação de uma proposta orçamental sustentada por pressupostos macro-económicos realistas, bem como por previsões da receita e despesa prudentes.

Fonte: Macahub

Saiba mais

Banco Mais

Sala de imprensa

Preçário

Segurança

Recrutamento

2018, Banco MAIS. Todos os direitos reservados.